#relacoespublicas #rp #rpmoda #pr #publicrelations » 2009 » Dezembro » 15 » MAM-SP ANUNCIA
10:36
MAM-SP ANUNCIA

JANEIRO

 

12 DE JANEIRO A 4 DE ABRIL

 

DEZ ANOS DO NÚCLEO CONTEMPORÂNEO – Sala Paulo Figueiredo

Curadoria: Felipe Chaimovich

 

A mostra apresenta uma seleção das obras mais emblemáticas adquiridas pelo Museu de Arte Moderna de São Paulo por meio de seu Núcleo Contemporâneo, iniciativa que oferece a seus associados uma programação que aprofunda conteúdos referentes à arte contemporânea, propiciando maior conhecimento do tema em encontros com curadores, visitas a ateliês etc. Entre os cerca de 20 trabalhos selecionados, figuram algumas das obras mais emblemáticas do acervo do MAM-SP: "O telhado” (1998), de Marepe; "Nota sobre uma cena acesa ou os dez mil lápis” (2000), de José Damasceno; e "Templo” (2000), de Franklin Cassaro; "O trabalho dos dias” (1998/2000), de Rivane Neuenschwander; "The descent from the cross (after Caravaggio)” (2000), de Vik Muniz; entre outras.

 

 

FEVEREIRO

 

11 DE FEVEREIRO A 4 DE ABRIL

 

MATTA-CLARK – Grande Sala

Curadoria: Tatiana Cuevas e Gabriela Rangel

 

Primeira retrospectiva do norte-americano na América do Sul, a itinerância vem da estréia em Santiago do Chile (cidade natal do pai do artista, Roberto Matta) para o MAM-SP. São cerca de 160 trabalhos, entre desenhos, reproduções, projetos, filmes e documentos que evidenciam a subversiva recriação da arquitetura proposta por Gordon Matta-Clark como forma de questionamento das convenções sociais. O destaque é uma série de fotografias inéditas do corte feito pelo artista no MNBA do Chile em 1971. A exposição segue depois para o Malba, na Argentina e o Museu de Arte de Lima, no Peru.

 

 

ABRIL

 

15 DE ABRIL A 13 DE JUNHO

 

FLÁVIO DE CARVALHO – Grande Sala

Curadoria: Rui Moreira Leite

 

Precursor de manifestações artísticas como a performance e o happening, o artista, desenhista, arquiteto, cenógrafo, decorador, escritor, teatrólogo e engenheiro ganha ampla retrospectiva com obras e registros de suas intervenções mais significativas, como a passeata que promoveu no centro de São Paulo trajando o New Look, uma vestimenta masculina com saia e blusa de manga curta, própria para o calor tropical. Rui Moreira Leite, especializado na obra de Carvalho, sobre quem escreveu "Flávio de Carvalho – O artista total”, joga luz sobre sua verve irreverente e provocativa e retoma a importância de sua trajetória artística.

 

 

A CIDADE DO HOMEM NU – Sala Paulo Figueiredo

Curadoria: Inti Guerrero

 

O curador colombiano radicado na Holanda reverbera a retrospectiva de Flávio de Carvalho na segunda sala do museu, apontando relações entre a obra do artista modernista e trabalhos de artistas nacionais e internacionais, com destaque para o grupo Secos e Molhados, que fez grande sucesso nos anos 70 sob o comando de Ney Matogrosso com uma caracterização teatralizada e andrógina.

 

 

JULHO

 

1º DE JULHO A 12 DE SETEMBRO

 

ECOLÓGICA – Grande Sala

Curadoria: Felipe Chaimovich

 

Com nome que homenageia o criador do Le Nouvel Observateur, André Gorz, filósofo austríaco radicado na França que tem como título de um de seus livros "Ecológica”, a exposição une ativismo ecológico e arte contemporânea em obras de artistas brasileiros e internacionais que têm na preocupação com a natureza o tema para seus trabalhos. Um exemplo é a obra "Transestatal” (2006), de Marcelo Cidade, que consiste de um aglomerado de entulho como o que se pode muitas vezes encontrar em plenas ruas de grandes cidades.

 

 

DEZ ANOS DO CLUBE DE FOTOGRAFIA – Sala Paulo Figueiredo

Curadoria: Eder Chiodetto

 

A exposição traz os destaques da iniciativa do Museu de Arte Moderna de São Paulo que permite aos interessados em fotografia iniciar uma coleção. A cada ano, cinco artistas são selecionados para criar fotos para os associados do clube e, automaticamente, essas imagens passam a integrar o acervo do MAM-SP. O fotógrafo e curador Eder Chiodetto faz uma seleção entre os 50 trabalhos participantes ao longo desses dez anos.

 

 

OUTUBRO

 

7 DE OUTUBRO A 12 DE DEZEMBRO

 

ERNESTO NETO – Grande Sala

Curadoria: Felipe Chaimovich

 

O artista carioca, um dos brasileiros mais conceituados no circuito internacional de arte da atualidade, ocupa toda a Grande Sala do museu com uma de suas megainstalações, que possibilita ao público a real sensação de imersão e de interação com uma obra de arte.

 

 

RAYMUNDO COLLARES – Sala Paulo Figueiredo

Curadoria: Luiz Camillo Osório

 

O artista carioca dos anos 60-70, de trabalho situado entre o concreto e o pop, tem sua obra revisitada pelo membro do conselho consultivo do MAM-SP, Luiz Camillo Osório, como forma de trazer ao grande público sua obra ainda pouco conhecida.

 

 

SERVIÇO

 

Museu de Arte Moderna de São Paulo

Endereço: av. Pedro Álvares Cabral, s/nº - Portão 3

tel (11) 5085-1300

Horários: Terça a domingo e feriados, das 10h às 17h30 (permanência do público até 18h)

Sócios do MAM, crianças até 10 anos e adultos com mais de 65 anos não pagam entrada. Aos domingos, a entrada é franca para todo o público, durante todo o dia.

 

Site

 www.mam.org.br

 

 

Fonte e foto Núcleo MAM

Categoria: #Release | Visualizações: 1097 | Adicionado por : netoangel | Tags: DEZ ANOS DO CLUBE DE FOTOGRAFIA – S, ECOLÓGICA Grande Sala, RAYMUNDO COLLARES – Sala Paulo Figu, mam, ERNESTO NETO – Grande Sala | Ranking: 0.0/0
Total de comentários: 0
ComForm">
avatar
tweet wall for events

Relações Públicas Internacionais em Moda e Marketing de Guerrilha

https://mts0.google.com/vt/data=dNIm6hApM8tCvyLTqINlPVCpSbU-sd8deZHrlf-oLjKXL-nOhDAOwlOQj7e4Syd7GeJdOW6ZhDVVrZ_Du9OEqs84cPRRXw2TmL_luQc


Neto Angel - Relações Públicas I Digital Fashion Specialist 
tel: +55(11) 98459.5896 São Paulo - Capital
//angelnews.at.ua/relacoes_publicas_digitais.pdf
SEO-PING
Agência Digital de Relações Públicas & Marketing Digitais by Angel News