#relacoespublicas #rp #rpmoda #pr #publicrelations » 2011 » Janeiro » 25 » Lanvin 2011
23:50
Lanvin 2011

A palavra no ar no show Lanvin era "energia". Lucas
Ossendrijver ainda estava girando. "Surreal, subversiva," designer do
rótulo de moda masculina, disse ritmo furioso da mostra. "Mas onde há
tensão, não existe energia.”


A tensão surgiu a partir do confronto entre o classicismo do Velho Mundo e da
urgência da Novo. "Adaptação utilizada de forma esportiva" foi a
descrição do Ossendrijver. "Onde uptown e o baixo atender", disse
Lanvin criativo supremo Alber Elbaz, acrescentando com um vendaval de riso. Os
ternos ficaram fechados com ímãs em vez de botões. Casacos que podem ter
começado a vida como um oficial, do avental trespassado, epauletted foi recosturado
para dentro. Apesar do casaco acolchoado tinha Puffa desportivo anexo à sua
frente, o tronco era monocromático mais linear do que nunca, fez mais ainda com
as calças de corte amplo (ainda havia calças estreitas, os números
zipados-tornozelo-too) .




Esse revestimento especial silhueta com bem costurada, calças largas, foi a
quintessência da Lanvin, mix de velhos e novos. Poderia ter sido de Berlim na
década de trinta; Bowie nos anos setenta; Depp, Downey, ou qualquer outra dandy
no submundo Naughties. O que também representou para Elbaz foi "um retorno
à Palavra da elegância, é sempre ser usado para descrever pessoas de idade. Quando
você fala sobre o jovem, é sempre 'cool' ou 'sexy', mas nós queríamos
introduzir elegância para os jovens ".




Ajudar a tornar a introdução, foi uma ênfase na serenidade e moderação. O que
chamou atenção foi o modo como cobriu os modelos. Alguns usavam fedoras
misteriosamente puxado para baixo sobre um dos olhos (outros faziam uma
encarnação de Bowie, ou estrangeiro Thomas Jerome Newton em The Man Who Fell to
Earth). Mas caso contrário, tudo o que foi direcionado para destacar os rostos
dos modelos. O designer final contou com jaquetas de veludo sobre camisas
branca abotoada até o pescoço. Embaixo, uma gola mock. Elbaz e Ossendrijver
sempre têm enfatizado a individualidade do homem Lanvin. Aqui foi uma
confirmação contundente desse compromisso.




Só mais uma coisa: ode escuro Lanvin para os jovens e os inquietos veio com uma
torção. Era que um "rabo balançando veio perturbar a elegância de um
casaco de camelo? "Sim, porque todo mundo tem um lado de raposa",
disse Ossendrijver, com um brilho cintilante de olhos.

The word on the air Lanvin show was "energy." Lucas
Ossendrijver was still spinning. "Surreal, subversive, designer menswear
label, says furious pace of the show. "But where there is tension, there
is no energy."


The tension arose from the confrontation between classicism of the Old World
and the urgency of the New. "Adapting used in sports" was the
description of Ossendrijver. "Where uptown and down serve," said
chief creative Lanvin Alber Elbaz, adding with a gale of laughter. The suits were
closed with magnets instead of buttons. Coats that may have started life as an
official coat pierced epauletted resewing was inside. Despite the padded jacket
was attached to his Puffa sporting front, the trunk was more linear
monochromatic than ever, made even more with wide-cut trousers (pants were
still narrow, the numbers zip-ankle-too).




This special coating with well-tailored silhouette, baggy pants, was the
quintessence of Lanvin, mix of old and new. It could have been Berlin in the
thirties; Bowie in the seventies; Depp, Downey, or any other Naughties dandy in
the underworld. This also accounted for Elbaz was "a return to the Word of
elegance, always be used to describe older people. When you talk about the
young, is always 'cool' or 'sexy', but we wanted to introduce elegance for the
young ".




Helping make the introduction, was an emphasis on serenity and moderation. What
stood out was the way the models covered. Some wore fedoras mysteriously pulled
down over one eye (other were an incarnation of Bowie, or foreign Thomas Jerome
Newton in The Man Who Fell to Earth). But otherwise, everything was aimed to
highlight the faces of models. The final featured designer velvet jackets over
white shirts buttoned to the neck. Below, a mock turtleneck. Elbaz Ossendrijver
and have always emphasized the individuality of man Lanvin. Here was a
resounding confirmation of this commitment.




One more thing: Lanvin dark ode to the young and the restless came with a
twist. Was that a "tail swinging come to disturb the elegance of a camel
coat?" Yes, because everyone has a part fox, "said Ossendrijver,
glowing eyes glittering.


By Angel News

Photo GoRunway.com

Categoria: #Luxo | Visualizações: 809 | Adicionado por : netoangel | Tags: lanvin, David Bowie | Ranking: 0.0/0
Total de comentários: 0
ComForm">
avatar
tweet wall for events

Relações Públicas Internacionais em Moda e Marketing de Guerrilha

https://mts0.google.com/vt/data=dNIm6hApM8tCvyLTqINlPVCpSbU-sd8deZHrlf-oLjKXL-nOhDAOwlOQj7e4Syd7GeJdOW6ZhDVVrZ_Du9OEqs84cPRRXw2TmL_luQc


Neto Angel - Relações Públicas I Digital Fashion Specialist 
tel: +55(11) 98459.5896 São Paulo - Capital
//angelnews.at.ua/relacoes_publicas_digitais.pdf
SEO-PING
Agência Digital de Relações Públicas & Marketing Digitais by Angel News