#relacoespublicas #rp #rpmoda #pr #publicrelations » 2011 » Janeiro » 26 » Christian Dior Couture 2011
13:29
Christian Dior Couture 2011

John Galliano originalmente estudou para ser um ilustrador
de moda na Central Saint Martins. Ele ainda assinou um contrato para um
trabalho em Manhattan. Em seguida, a mão do destino virou a cabeça para ser o
Grand Design atual. Oh, como as coisas poderiam ter sido diferentes. Por um
lado, nós nunca teríamos chegado à mostra do couture de Dior que vimos hoje.


Saudação de John Galliano para René Gruau, o ilustrador cujos trabalhos para
Christian Dior nos anos quarenta e cinqüenta criava imagens mais icônicas da
casa, uma época em que foi verdadeiramente haute couture.




Mesmo que a idade de ouro teria sido duramente pressionado para corresponder as
realizações do atelier Galliano têm à sua disposição. As manchas de grafite,
lápis de traços e rabiscos, marcas de apagamento, guache e lavagens de
ilustrações Gruau foram duplicados em tecido e bordado, usado, disse o
estilista, "de forma exemplificativa." Ele chamou sua coleção mais um
desafio técnico, mas o esforço foi pouco evidente. É notável que tal
extravagância conseguisse captar a velocidade, espontaneidade, leveza, mesmo com
a economia do trabalho do ilustrador. Opulently swagged tops e vestidos
cortados flutuava como billowing velas. Uma coisa absolutamente linda, escondeu
rosas em nuvens de marabu branco. Look de Dior Noiva foi um ponto de fonte
óbvia para saias de cinturas que deflagraram espartilhadas ou descartado
lápis-fino para abaixo do joelho dos quadris arredondados.




Os efeitos mais dramáticos foram chiaroscuro, o jogo de luz e sombra,
duplicando a lavagem de aquarelas Gruau e as sombras da fotografia de Irving
Penn, couture clássico. Quando parecia que a tela de pintura à mão, teria sido
a maneira mais simples para atingir o resultado desejado, Galliano e seu
estúdio usaram sete camadas de tule para criar uma profundidade de brilho em
dégradé. O efeito foi tão silenciosamente impressionante como a lavagem de rosa
escura por baixo de um vestido rosa pálido. Bordados foram usado em um lado da
tela só, por isso lançou uma sombra relevo sutil. Penas de avestruz feita
swooshes de tinta em um vestido de baile enorme, as linhas de lápis foram
escolhidos em lantejoulas. E Stephen Jones estava em seu elemento com seus
chapéus, traçados trompe l'oeil da pintura, subindo para o céu.




Orlando Pita fez o cabelo e maquiagem Pat McGrath repetido o artifício
hipnotizante das criaturas icônicas que Gruau desenhou para a Dior. Você deixou
o show com a sensação de que todos os envolvidos tinham uma bola absoluta,
criando a alta moda-est. Hoje a questão de como qualquer um que, poderia ter
convertido em qualquer coisa que aproxima o mundo real poderia ser
convenientemente adiado para mostrar pronto-a-vestir de John Galliano em março.
Falando desse mundo real, a mais recente transformação do designer, adaptado de
seu Nureyev coleção masculina de influência no outro dia, na verdade, fazia
parecer como Al Pacino, em Um Dia de Cão.

John Galliano originally studied to be a fashion illustrator
at Central Saint Martins. He also signed a contract for a job in Manhattan. Then
the hand of fate turned his head to be the current Grand Design. Oh, how things
might have been different. On the one hand, we would never have reached the
Dior couture show we saw today.


Greetings from John Galliano to Rene Gruau, the illustrator whose work for
Christian Dior in the forties and fifties created most iconic images of the
house, one time it was truly haute couture.




Even though the golden age would have been hard pressed to match the
achievements of the Galliano atelier have at their disposal. The spots of
graphite pencil lines and scribbles, marks of erasure, and gouache washes Gruau
illustrations were duplicates and embroidered fabric used, the designer said,
"so exemplary." He called his collection more than a technical
challenge, but the effort was not clear. It is remarkable that such
extravagance could pick up speed, spontaneity, lightness, even with the economy
of the work of illustrator. Opulently swagged cut tops and dresses floated like
billowing sails. One thing absolutely beautiful roses hidden in clouds of white
marabou. Look for Dior Bride was a point obvious source for skirts that broke
corseted waistlines or dropped pencil-thin knee to below the rounded hips.




The effects were most dramatic chiaroscuro, the play of light and shadow,
doubling the wash of watercolors Gruau and shadows photography of Irving Penn's
classic couture. When it seemed that the canvas by hand, would have been the
simplest way to achieve the desired result, Galliano and his studio used seven
layers of tulle to create a depth of brightness gradient. The effect was impressive
as silently as the washing of dark pink dress under a pale pink. Embroidery was
used on only one side of the screen, so cast a shadow subtle relief. Ostrich
feathers made of paint swooshes into a huge ball gown, the pencil lines were
chosen in sequins. And Stephen Jones was in his element with their hats,
strokes, trompe l'oeil painting, climbing into the sky.




Orlando Pita did hair and makeup Pat McGrath repeated the trick mesmerizing
creatures that iconic Gruau designed for Dior. You left the show with the
feeling that everyone involved had an absolute ball, creating the high-est
fashion. Today the question of how anyone could have turned into anything
approaching the real world could be conveniently postponed to display
ready-to-wear John Galliano in March. Speaking of the real world, the most
recent transformation of the designer, adapted from his menswear collection
Nureyev influence the other day, actually made him look like Al Pacino in Dog
Day Afternoon.


by Angel News

 

Photo: GoRunway.com

Categoria: #Luxo | Visualizações: 1015 | Adicionado por : netoangel | Tags: John Galliano, Christian Dior | Ranking: 0.0/0
Total de comentários: 0
ComForm">
avatar
tweet wall for events

Relações Públicas Internacionais em Moda e Marketing de Guerrilha

https://mts0.google.com/vt/data=dNIm6hApM8tCvyLTqINlPVCpSbU-sd8deZHrlf-oLjKXL-nOhDAOwlOQj7e4Syd7GeJdOW6ZhDVVrZ_Du9OEqs84cPRRXw2TmL_luQc


Neto Angel - Relações Públicas I Digital Fashion Specialist 
tel: +55(11) 98459.5896 São Paulo - Capital
//angelnews.at.ua/relacoes_publicas_digitais.pdf
SEO-PING
Agência Digital de Relações Públicas & Marketing Digitais by Angel News